Ministro da Cultura cancela participação em evento tauromáquico na Azambuja

Partilha este artigo. Ajuda a sensibilizar para esta causa:

Ministério da Cultura recebeu inúmeras mensagens de indignação pela presença do Ministro neste evento tauromáquico.

O Ministro da Cultura anunciou que ia visitar a “Feira de Maio na Azambuja para participar numa homenagem ao campino, integrada num evento tauromáquico que inclui uma tourada e largadas de touros durante os 5 dias da feira. Além disso, a Feira de Maio inclui um evento designado “Mesa da Tortura” que consiste numa largada de touros numa esplanada, e na segunda feira comemora o Dia da Criança com mais uma largada de touros nas ruas da vila.

Recorde-se que, no passado fim de semana, um jovem menor de idade morreu de forma violenta numa largada de touros na Moita organizada pela Câmara Municipal. Até ao momento o Ministro não se pronunciou sobre esta morte trágica nem sobre o apuramento de responsabilidades. Já no início deste mês, as largadas de touros foram notícia devido aos acontecimentos em Samora Correia durante a Semana Taurina, que terminou de forma trágica e atribulada, com três pessoas a ficarem feridas na sequência de desacatos que terminaram com tiros e facadas, em pleno Largo do Calvário onde decorriam as largadas de touros.

A decisão do Ministro gerou uma grande onda de indignação, que motivou o envio de centenas de mensagens ao Ministro de protesto por esta decisão.

Na 3ª feira (24 de maio) o Ministro anunciou o cancelamento da visita alegando “sobreposição de agenda”. Em alternativa, o Ministro desloca-se a Belmonte para participar numa cerimónia que marca a cedência do espólio de Samuel Schwartz ao Museu Judaico.

A Plataforma Basta de Touradas saúda a decisão do Ministro e espera que o responsável pela pasta da cultura reveja a sua posição em relação à tauromaquia, reconhecendo o seu lado violento. É igualmente importante que o Ministro da Cultura explique ao país, que medidas adotou para impedir os acidentes fatais com crianças e jovens em eventos tauromáquicos, depois do Comité dos Direitos da Criança da ONU ter advertido o Estado Português a proteger os menores de 18 anos, sem exceção, da violência das touradas e largadas de touros. Da mesma forma é importante que o Ministro se pronuncie sobre as medidas a adotar para impedir que este tipo de mortes voltem a acontecer em largadas de touros.


Pedro Adão e Silva, Ministro da Cultura.
Pedro Adão e Silva, Ministro da Cultura. (fonte: www.portugal.gov.pt)

Fontes:

https://rr.sapo.pt/noticia/amp/pais/2022/05/23/ministro-da-cultura-vai-as-festas-taurinas-da-azambuja/285429

https://www.cm-azambuja.pt/informacoes/noticias/item/6030-ministro-da-cultura-e-secretario-de-estado-da-administracao-local-marcam-presenca-na-feira-de-maio-de-azambuja-2022

https://rr.sapo.pt/noticia/politica/2022/05/24/sobreposicao-de-agenda-impede-ministro-da-cultura-de-ir-as-festas-taurinas-da-azambuja/285624/