Portugueses não querem mais touradas na RTP

Portugueses não querem mais touradas na RTP
Share Button
audiencias-tourada-rtp

As touradas são, nos últimos anos, o principal motivo de queixa dos telespetadores ao Provedor da RTP, além de serem um espetáculo que não reúne consenso na nossa sociedade, pelo que é entendimento da Plataforma Basta que a RTP se deve abster de transmitir este tipo de conteúdo na sua emissão, escutando a opinião do seu público e do Provedor do Telespectador que já por diversas vezes referiu que a transmissão de touradas “não é serviço público” e que a RTP não deve transmitir este tipo de programa (ver relatórios do Provedor).

Recordamos que o impacto da violência das touradas, levou o Estado português ( através do Decreto-Lei n.º 89/2014 ) a reconhecer que “o espetáculo pode ferir a susceptibilidade dos espectadores”, advertência que passou a ser obrigatória nos cartazes de publicidade às touradas ( Alínea j) do artigo 22º do referido decreto ).

É ainda importante salientar que em 2014, o Comité dos Direitos da Criança das Nações Unidas reconheceu que a exposição de crianças à violência das touradas em Portugal, constitui uma grave violação da Convenção dos Direitos da Criança, tendo a tauromaquia sido incluída no capítulo da “Violência contra crianças” a par dos castigos corporais e abuso e negligência, no relatório final de avaliação ao nosso país.

A RTP é o único canal de televisão em sinal aberto em Portugal a emitir touradas em direto na sua emissão, depois da TVI ter abdicado deste tipo de conteúdo. Nos últimos anos é cada vez maior o isolamento das touradas, repudiadas por um número crescente de cidadãos. A própria Rádio Renascença deixou em 2003 de promover a sua tradicional Corrida de Touros.

Aficionados não concordam com mais touradas na TV

Curiosamente a transmissão de touradas na RTP também não é consensual junto dos apreciadores das touradas, conforme demonstrou a sondagem encomendada pela Federação Prótoiro, realizada em Março de 2011 pela Eurosondagem, onde 63,1% das pessoas que gostam de touradas admitiram não concordar que a televisão transmita mais corridas de touros. Este estudo diz ainda que mais de 70% dos aficionados da região sul do país são contra o aumento da transmissão televisiva de touradas.

Atualmente já existem no mercado canais de televisão privados específicos para este tipo de público. Entendemos, por isso, que a RTP deve ter uma posição isenta num tema polémico e que divide a nossa sociedade, esperando que no futuro a televisão pública abdique deste tipo de conteúdo.

Anúncio de tourada na programação infantil da RTP2

A Plataforma Basta apresentou hoje o seu protesto junto do Provedor do Telespetador da RTP e solicitou esclarecimentos à Administração da televisão pública, a propósito da emissão de um anúncio de uma tourada na passada sexta feira de manhã ( 4 de agosto de 2017 ) durante o programa infantil “Zig Zag” na RTP2. O anúncio – apresentado entre dois programas infantis – exibiu imagens de grande impacto, com animais a ser lidados, farpeados e a escorrer sangue (real).

A Plataforma Basta, no âmbito da campanha “Infância sem violência“, considera chocante a apresentação de um anúncio de conteúdo violento durante a programação infantil num canal público de televisão, esperando que este episódio se tenha tratado de um lapso da RTP, que o mesmo venha a ser reconhecido pela Administração da estação de televisão e sejam tomadas medidas de forma a evitar que situações destas se repitam no futuro.

Aficionados não concordam com mais touradas na TV

Ainda a propósito da transmissão de touradas na RTP, aproveitamos para informar que curiosamente, este assunto também não é consensual junto dos apreciadores das touradas, conforme demonstrou a sondagem encomendada pela Federação Prótoiro, realizada em Março de 2011 pela Eurosondagem, onde 63,1% das pessoas que gostam de touradas admitiram não concordar que a televisão transmita mais corridas de touros. Este estudo diz ainda que mais de 70% dos aficionados da região sul do país são contra o aumento da transmissão televisiva de touradas.

Em Portugal, dos três canais em sinal aberto, apenas a RTP transmite touradas na sua emissão, depois da TVI ter abdicado deste tipo de conteúdo. Atualmente já existem no mercado canais de televisão específicos para este tipo de público.

Entendemos, por isso, que a RTP deve ter uma posição isenta num tema polémico e que divide a nossa sociedade, esperando que no futuro a televisão pública abdique deste tipo de conteúdo.

Plataforma Basta. Lisboa, 7 de agosto de 2017.

 
 
Anexos:
Estudo de Opinião (Prótoiro/Eurosondagem):
https://issuu.com/protoiro/docs/estopiniao_protoiro_marco11
Nota: A questão sobre a transmissão de touradas na televisão, só foi respondida pelos entrevistados que são aficionados, os que são indiferentes e os que não concordam que “se tire a liberdade a quem gosta de assistir a actividades com toiros”.
Share Button

Tourada de gala teve a pior audiência do ano na RTP

Tourada de gala teve a pior audiência do ano na RTP
Share Button

A tourada transmitida pela RTP1 no passado dia 1 de outubro, obteve a pior audiência da época com um share de apenas 10,9%, muito abaixo dos canais concorrentes que à mesma hora atingiram mais de 30%. A corrida de touros emitida em direto, ao longo de 3 horas, a partir da praça de touros do Campo Pequeno, incluiu um cortejo de gala “à antiga portuguesa”, mas não foi suficiente apelativa para o público português, obtendo a pior audiência do ano e uma redução de 123.500 espectadores em relação à primeira tourada emitida a 2 de julho deste ano e menos 66.500 em relação à última transmissão realizada a 4 de setembro.

O Provedor do Telespectador já afirmou que a transmissão de touradas não é serviço público.

A drástica redução das audiências das touradas na televisão, acompanha a redução significativa de público nas praças de touros, que nos últimos 10 anos diminuiu 40% de acordo com as estatísticas oficiais da Inspeção Geral das Atividades Culturais.

A RTP decidiu transmitir em direto 7 corridas de touros este ano, apesar da forte contestação dos seus espetadores que apresentaram milhares de queixas pela emissão deste tipo de conteúdo, pelo seu carácter violento e pelas imagens de maus tratos a animais. O próprio Provedor do Telespectador salientou recentemente o elevado aumento no número de queixas recebidas em relação à emissão de touradas na televisão pública, que considerou não ser serviço público de televisão.

Recorde-se que a TVI já deixou de emitir touradas na sua emissão à semelhança do que acontece com a SIC que também não inclui este tipo de conteúdo na sua programação.

tourada-rtp-audiencias
Audiências do dia 1 de outubro de 2015 – Fonte: GfK/CAEM
Share Button

Tourada na RTP conseguiu a pior audiência da noite

Share Button

Ontem à noite a indústria das touradas sofreu duas derrotas significativas. Não só não conseguiu encher a praça de touros do Campo Pequeno na designada “Corrida de gala” como ainda viu a transmissão televisiva redundar num grande fracasso.

A tourada transmitida em directo durante 3h e 15 minutos pela RTP foi o programa com pior audiência ontem à noite na televisão portuguesa.

Segundo os dados da GFK/CAEM referentes às audiências dos três canais em sinal aberto (RTP, SIC e TVI), a tourada transmitida pelo serviço público de televisão a partir das 22 horas, foi o programa com a pior audiência naquele horário, muito longe dos restantes concorrentes. Observando a tabela das audiências do dia 3 de Outubro, verificamos ainda que a “Corrida de gala” obteve um modesto 19º lugar nos programas mais vistos do dia.

 3 out audiencias

Share Button

Tourada retira audiência à RTP

Tourada retira audiência à RTP
Share Button

audiencias tourada-02
A RTP, através da sua “Casa do Pessoal” promoveu no passado dia 26, sexta-feira, mais uma tourada transmitida em direto pelo canal público de televisão a partir da praça de touros da Póvoa do Varzim.

Apesar da insistente ideia de que as touradas geram grandes audiências, a verdade é que os números revelam precisamente o contrário. Na passada sexta-feira a aposta da RTP na transmissão de uma tourada a partir das 22 horas valeu-lhe uma queda nas audiências ficando muito atrás da SIC e TVI no horário em que foi transmitida a corrida de touros.

Share % – 26 de julho de 2013

audiencias tourada-01
Share % – Fonte: GFK/CAEM

Analisando os dados da GFK/CAEM relacionados com o share dos programas transmitidos cerca das 22 horas de sexta-feira, verificamos que a tourada da RTP esteve muito abaixo dos programas transmitidos à mesma hora pela SIC e TVI. “Dancing Days”, transmitido pela SIC a partir das 21.51 h., obteve 31,6% de share enquanto o programa “Ok Ko” da TVI, transmitido a partir das 21.50 h., conseguiu 23,5%. A “Grande Corrida TV Norte” com início às 21.58 h. alcançou apenas 12,5% de share.

Não é verdade que as touradas gerem grandes audiências. O fracasso da transmissão da passada sexta-feira da RTP, paga pelos contribuintes portugueses, é apenas mais um exemplo disso mesmo.

Os portugueses na sua maioria não aprovam os maus tratos aos animais e a violência injustificada das touradas o que se reflete na redução do número de touradas e de espectadores.

Share Button
PCP, PS, PSD e CDS mantêm isenção de IVA para touradas

Esquerda - 14 hours ago
... de votações na especialidade do Orçamento...

Envolvimento de crianças em touradas está a ser investigado

Diário de Notícias - 3 weeks ago
O envolvimento de crianças em touradas está a...

Peruanos protestam contra touradas

euronews - 3 weeks ago
Centenas de pessoas, muitas delas jovens,...

Autoridades investigam participação de crianças em touradas

ZAP - 3 weeks ago
A participação de menores em touradas carece,...

News via Google. See more news matching 'touradas'