“Sagres” não patrocina atividades taurinas

Share Button
A propósito do aparecimento do logo da “Sagres” como patrocinador de um evento tauromáquico que está agendado para o próximo dia 18 de março na Praia do Rosário na Moita, que inclui a participação de “picadores“, “matadores de touros” e crianças de uma “escola de toureio“, a empresa esclareceu a Plataforma Basta que se tratou de de uma iniciativa de um dos seus clientes que, sem a nossa autorização, utilizou, por sua exclusiva iniciativa, o logo da “Sagres” na promoção do evento.
A marca “Sagres” já foi um dos principais patrocinadores da atividade tauromáquica em Portugal, mas nos últimos anos (tal como a esmagadora maioria das empresas nacionais) a “Sagres” foi-se afastando deste tipo de eventos violentos e cruéis para os animais.
O aparecimento do logo da “Sagres” no cartaz da “Festa de Campo” na Praia do Rosário, motivou grande indignação junto dos consumidores que escreveram à “Sagres” solicitando esclarecimentos sobre o alegado envolvimento da marca na promoção deste tipo de iniciativas.
A marca já pediu a remoção do logo da publicidade ao evento tauromáquico e esclarece os seus consumidores que “a nossa empresa não tem na sua política de patrocínios as atividades taurinas. Em determinados eventos / espaços nos quais temos contratos exclusivos comerciais para venda de cerveja, como é o caso v.g. da Ovibeja, podem estar incluídos no cartaz eventos tauromáquicos, sendo a nossa ligação ao evento global e não a nenhuma atividade especifica do respetivo cartaz”.
A Plataforma Basta confirma que a organização já retirou o logo da “Sagres” do cartaz de promoção do evento e agradece à “Sagres” este esclarecimento. O evento em causa não foi licenciado pela Inspeção Geral das Atividades Culturais e decorre no espaço público colocando em risco a segurança e integridade física das pessoas, pelo que a situação já foi denunciada às autoridades competentes.
Share Button

Artigos relacionados:

Comentários

comentários