Autor: Basta

ONU insta Espanha a afastar menores de 18 anos das touradas

Comité dos Direitos da Criança divulgou hoje o relatório de avaliação periódica de Espanha, relacionado com o cumprimento da Convenção dos Direitos da Criança, e incluiu as touradas no capítulo da “violência contra crianças; Os 18 peritos das Nações Unidas pedem ao Governo espanhol para proibir a participação e assistência de crianças menores de 18 anos a touradas; Portugal foi… Read more →

Estatísticas de público nas touradas não são credíveis.

Ao contrário do que acontece com outros espectáculos realizados em Portugal, os dados referentes ao público que assiste a touradas são obtidos sem qualquer rigor ou credibilidade. O público que assiste a touradas é contabilizado através de uma“estimativa” realizada pelos Delegados Técnicos Tauromáquicos, que em cada espectáculo tauromáquico indicam sem contabilização alguma o número de espectadores presentes na praça de touros, tal como assume a… Read more →

Plataforma Basta reuniu com Ministério da Cultura

A Plataforma Basta reuniu na passada quinta-feira, dia 11 de janeiro, com responsáveis do Ministério da Cultura, no Palácio da Ajuda em Lisboa, para analisar diversas questões relacionadas com a realização de touradas em Portugal. A plataforma abolicionista manifestou ao Ministério a sua preocupação com várias situações graves ocorridas durante a temporada tauromáquica de 2017 e exigiu respostas às dezenas… Read more →

Autoridades investigam participação de crianças numa tourada em Vila Boim

(foto: plataforma Basta) A plataforma Basta no âmbito da campanha “Infância sem Violência” denunciou a participação de crianças num espectáculo tauromáquico ilegal organizado na localidade de Vila Boim (concelho de Elvas) promovido pela Associação de Romeiros de Vila Boim com a designação “Fiesta do Toureio 2017” no passado dia 14 de outubro. Além de um “Festival Taurino” de beneficência –… Read more →

Basta exige investigação sobre touro asfixiado em tourada

A Plataforma Basta exigiu à IGAC (Inspeção Geral das Atividades Culturais) e à DGAV (Direcção Geral de Alimentação e Veterinária) uma investigação ao caso do touro que alegadamente foi morto por asfixia com uma corda antes de uma tourada durante a temporada em curso, quando se procedia ao embolamento dos animais. O caso foi denunciado publicamente numa entrevista à Rádio… Read more →

Plataforma Basta quer apurar responsabilidades na morte de dois forcados e nas transgressões crónicas nas touradas

(foto: Plataforma Basta – D.R.) Médico cirurgião denuncia falta de condições nas praças de touros como a principal causa da morte dos artistas tauromáquicos Plataforma denuncia irregularidades graves e falta de fiscalização isenta e eficaz nos espectáculos tauromáquicos Basta pede fiscalização rigorosa das condições das praças de touros em Portugal Lisboa, 12 de outubro de 2017 A Plataforma Basta solicitou… Read more →

Basta pede ao Presidente da República para manter a isenção em relação às touradas

(foto D.R.) A Plataforma Basta apelou ao Presidente da República para manter a isenção na polémica questão das touradas, abstendo-se de assistir à corrida de touros de encerramento da temporada do Campo Pequeno no próximo dia 12 de outubro. O Presidente da República foi convidado para estar presente na praça de touros de Lisboa para assistir à “tourada de gala” que… Read more →

Presidente da Associação de Empresários Tauromáquicos usa abusivamente a marca “Pingo Doce”

Mais uma vez o empresário tauromáquico Paulo Pessoa de Carvalho, que é Presidente da Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos (APET), usou de forma abusiva o nome da marca “Pingo Doce” anunciando na publicidade às corridas de touros que organiza no mês do Outubro na praça de touros Palha Blanco, que os bilhetes para as touradas estavam à venda no Supermercado… Read more →

Padre açoriano contra a realização de touradas

O pároco de Fenais da Luz, Ricardo Tavares, manifestou o seu desacordo com a realização de uma tourada, junto da Comissão de Festas do Senhor bom Jesus dos Aflitos, por considerar a tourada “uma prática anti-cristã, que já foi várias vezes condenada pelos Papas”. A opinião do Padre foi ignorada pela Comissão que realizou o evento que contou com uma participação reduzida… Read more →

Provedor ignora telespetadores e foge às suas responsabilidades

A plataforma Basta considera que o provedor do telespectador da RTP, Jorge Wemans, desrespeitou os milhares de cidadãos que apresentaram queixa pela transmissão em directo de uma tourada na passada sexta-feira, dia 21 de julho na emissão da RTP1, ao não assumir as suas responsabilidades consagradas na Lei nº 2/2006 de 14 de fevereiro que define as competências do cargo,… Read more →

Pingo Doce não apoia touradas

A conceituada marca de supermercados “Pingo Doce” surgiu como um dos patrocinadores de uma tourada a realizar no dia 29 de julho na localidade de Foz do Sizandro, no concelho de Torres Vedras. A Plataforma Basta e milhares de consumidores indignados com o patrocínio da marca a um evento polémico, que implica maus tratos a animais e que não é… Read more →

Cidadãos do Reino Unido consideram as touradas “inaceitáveis”

Na sequência do trágica colhida que vitimou o toureiro espanhol Iván Fandiño, de 36 anos, numa praça de touros em Aire-sur-l’Adour, no sudoeste de França, a empresa “YouGov” realizou uma sondagem, questionando os cidadãos do Reino Unido sobre as touradas, revelando que 80% da população considera que esta tradição é inaceitável e deve ser abolida. O estudo foi realizado no dia 19 de junho… Read more →

Fundos públicos e crianças usados para promover as touradas nos Açores

Basta denuncia “esperas de gado bravo” com crianças e tourada com crianças de escolas e jardins de infância da Terceira nas bancadas da praça de touros; Plataforma exige o cumprimento da lei e punição dos responsáveis; Câmara de Angra do Heroísmo gasta 100.000 euros em subsídio para a organização das touradas nas Sanjoaninas. A Plataforma Basta manifesta a sua profunda… Read more →

‘Intermarché’ e ‘Riberalves’ apoiam touradas?

Espetáculo tauromáquico na praça de touros da Moita, 4 de junho de 2017 Realizou-se no passado dia 4 de junho na praça de touros da Moita, um evento solidário intitulado “Vamos ajudar a Catarina” que, entre outras atividades, incluiu um espetáculo tauromáquico com “demonstrações de toureio e de pegas” e a participação de crianças da Escola de Toureio da Moita. A… Read more →

Pingo Doce não apoia nem vende bilhetes para touradas

A cadeia de supermercados Pingo Doce respondeu aos milhares de pedidos de esclarecimento e indignação pela publicidade a duas touradas em Vila Franca de Xira onde era anunciada a venda de bilhetes no Pingo Doce. A Plataforma Basta contactou a marca no sentido de obter esclarecimentos acerca da informação que estava a ser difundida através da publicidade a duas touradas… Read more →

Touradas atingem mínimos históricos de corridas e de público em Portugal

Pela primeira vez número de touradas em Portugal foi inferior a 200 Público das touradas foi o mais baixo de sempre Desde 2010 as touradas já perderam mais de 53% de público Em vésperas do início de mais uma temporada tauromáquica a IGAC divulgou as estatísticas oficiais da temporada 2016 onde se constata que as touradas continuam a perder público em… Read more →

Palestra “O Porto, a Galiza e as touradas”

Porque é que desapareceram as touradas na cidade do Porto? E porque é que as touradas estão a acabar na Galiza? O Porto será o ponto de encontro para debater e dar resposta a estas duas perguntas, numa conversa sobre a história e a evolução de duas sociedades diferentes mas com muitos pontos em comum. A iniciativa tem por objetivo a… Read more →

Reconhecimento dos animais como seres vivos dotados de sensibilidade

Foi hoje aprovada uma alteração ao Código Civil que vem criar um estatuto jurídico próprio para os animais, reconhecendo a sua natureza de seres vivos dotados de sensibilidade. A Plataforma Basta congratula-se com esta iniciativa da Assembleia da República, pioneira no direito português e internacional, e histórica para os direitos dos animais. Esta alteração num documento jurídico fundamental como é… Read more →